Nota da diretoria da APRUMA – Seção Sindical do ANDES-SN – de repúdio ao agressor dos manifestantes no Ato Fora Bolsonaro

A APRUMA Seção Sindical do ANDES-SN vem a público expressar seu repúdio aos atos de violência e agressão realizados pelo Sr. Valério Lima, que disparou rojão contra a manifestação que exigia o impeachment do presidente Jair
Bolsonaro, nesta sexta-feira, 22 de janeiro.

O ato de São Luís se somou à inúmeros outros em todo país. Os manifestantes denunciam a política desastrosa desse governo, que aprofundou a crise na saúde, levando à disseminação da pandemia de Covid-19 e ao caos em Manaus; desmantelou a economia do país e está em franca campanha contra a educação e a ciência públicas. Os manifestantes exigem a saída de Bolsonaro como a única garantia de que se restabelecer minimamente as bases democráticas e se avançar na garantia de vacina, auxílio emergencial, emprego e comida para o povo.

Os atos de violência e intolerância do apoiador do presidente contra os manifestantes, que atingiu diretamente Rielda e Arthur, causam preocupação a toda sociedade, uma vez que é vital a luta por democracia e garantia mínima de saúde, emprego, educação com financiamento públicos, e isso só será possível com a saída imediata desse governo, que já deixou claro que governa para o sistema financeiro, seu grupo/família e milícias, com o sacrifício do povo.

A diretoria da APRUMA exige das autoridades que apurem e punam estas atitudes de extrema violência, para que não venham a se aprofundar nas próximas manifestações, que apenas cessarão com a queda desse governo que marcha contra seu próprio povo.

Permanecermos nas ruas. Impeachment já!

Reafirmamos: já passou de todos os limites. Fora Bolsonaro e tudo que ele representa.

 

São Luís, 25 de janeiro de 2021.

Diretoria Executiva APRUMA – Seção Sindical

Gestão 2020-2022