“A vida acima dos lucros: Em defesa das instituições de ensino, dos serviços públicos e da autonomia sindical!”: Andes dá início ao 9º Conad Extraordinário

Teve início, de forma virtual, nesta segunda-feira, 28, e segue até a próxima quarta-feira, 30 de setembro, o 9º Conad Extraordinário do Andes Sindicato Nacional. O Conad é a segunda instância deliberativa mais importante dentro da estrutura organizativa do Andes – a primeira é o Congresso do sindicato.

Além do plano de lutas, o Conad foi convocado de forma extraordinária para deliberar sobre as eleições no Sindicato Nacional, cujo calendário eleitoral foi suspenso pela Comissão Eleitoral Central (CEC) em razão da pandemia do novo coronavírus, suspensão de comum acordo entre as chapas concorrentes e cujas implicações vêm sendo submetidas à categoria docente através da realização de fóruns deste tipo – o 8º Conad Extraordinário (que prorrogou o mandato da atual gestão) aconteceu em julho e remeteu deliberações importantes sobre o calendário para este 9º Conad.

Posições da Apruma

Em Assembleia Geral realizada no último dia 17, a vice-presidente da Apruma, professora Cacilda Cavalcanti, foi eleita delegada ao 9º Conad, com a professora Sirliane Paiva (Enfermagem São Luís) e o professor Thiago Lima (Campus São Bernardo e Conselho de Representantes da Apruma) ficando como suplentes.

Sobre importantes temas trazidos no Caderno de Textos do evento, foi feita discussão durante a Assembleia, para que a delegação maranhense defendesse a posição da base durante o Conad.

Nesse sentido, o tema proposto de redução do repasse das seções sindicais ao Andes SN foi rejeitado, considerando a necessidade de se manter um sindicato forte e atuante, especialmente num momento de tantos ataques. Além disso, segundo apontado durante a Assembleia, esse é um assunto a ser tratado em Congresso da categoria docente, considerando-se não ser o Conad a instância adequada.

Sobre a forma a ser defendida para realização das eleições nacionais do Andes, será defendida nestes dias pela Apruma, em detrimento da presencial em razão da pandemia e da meramente virtual, a forma híbrida, telepresencial, para que seja assegurada a lisura do processo, com o docente apresentando-se para votar de forma remota mas sendo registrada sua imagem, através de câmeras, perante a mesa receptora de votos e os respectivos fiscais das chapas.

Outros pontos analisados durante a Assembleia não encontraram grandes discordâncias por parte dos presentes, devendo a representação da Apruma assentir com a aprovação das contas do Sindicato e a previsão orçamentária apresentadas pela atual gestão do Andes, por exemplo.

Representação da Apruma nos Conselhos Superiores da UFMA

Além de tratar do 9º Conad Extraordinário, a Assembleia Geral do último dia 17 elegeu a professora Cacilda Cavalcanti para exercer o novo mandato de represente do sindicato junto aos Conselhos Superiores da Universidade e a professora Ana Paula Ribeiro de Sousa (Campus Bacabal) como suplente. Elas comunicaram que trabalharão de forma conjunta junto aos conselhos, dada a necessidade de se acompanhar de forma minuciosa as importantes deliberações ali tomadas. “Devemos atuar de forma compartilhada, dado o delicado momento pelo qual passa a Universidade Pública tanto em âmbito nacional quanto localmente”, disseram.

Veja também: