Pazzini, Presente! Nota da Apruma

É com muita tristeza que a Apruma Seção Sindical do Andes Sindicato Nacional vem se juntar à sociedade maranhense, em especial a comunidade acadêmica da UFMA e a classe artística do Estado, neste momento de perda do professor Luiz Pazzini, aposentado do Departamento de Artes Cênicas da Universidade Federal do Maranhão, onde lecionou por décadas, desde seu ingresso, em 1992.

Nascido no interior de São Paulo, foi no Maranhão que Luiz Roberto de Souza, o nosso Pazzini, foi recebido, e nos recebeu, de braços abertos, a nos brindar com sua arte, sempre engajada, embasada num trabalho de pesquisa e num doar-se que impressionava a quem tinha o prazer de assistir.

Não foram poucos os eventos da APRUMA onde tivemos o prazer de iniciar debates profundos com a alma preparada por suas performances.

Nos solidarizamos de modo especial com estudantes, docentes, técnicos, terceirizados e todos e todas que frequentam o Centro de Ciências Humanas, CCH, da Universidade, espaço que tinha o privilégio de, vez por outra, presenciar Pazzini em ação.

Na manhã desta quarta-feira, depois de muita procura por um leito para internação, com os hospitais da capital maranhense já com suas unidades intensivas lotadas pelos casos de Covid19, Pazzini finalmente deu entrada em uma UTI, sendo, mesmo de longe, acompanhado por todos e todas nós, que torcíamos pela sua recuperação e por voltarmos logo a poder ter sua companhia por perto. Mas mais um um dos nossos partiu em meio à pandemia.

A nós, que um dia pudemos vê-lo nos palcos, ou pudemos assistir a suas aulas, ou simplesmente ter por perto sua alegre companhia, fica a lembrança da presença iluminada do professor-artista, que não será esquecida.

Luiz Pazzini, que seu brilho siga PRESENTE a nos acalentar a alma em nossas lutas e sonhos por dias melhores para toda a humanidade.

São Luís, 29 de abril de 2020

Apruma Seção Sindical