Em reunião na Apruma, comunidades da Resex Tauá-Mirim acertam detalhes para próxima edição da Feira da Agricultura Familiar, que acontece dia 11

Na próxima quarta-feira, 11 de março, acontece, no Campus do Bacanga, a segunda edição da Feira da Resex de Tauá-Mirim, que reúne comunidades da Zona Rural II de São Luis, que ofertam à comunidade universitária e seus arredores produtos livres de agrotóxicos, produzidos pelas famílias da região.

Além disso, a Feira da Resex é uma forma de tirar as comunidades da invisibilidade a que estão relegadas pelo poder público e pelas corporações que ambicionam seus territórios. Daí porque uma ação política e de direitos humanos que conta com forte apoio da Apruma e de diversos segmentos da comunidade universitária, como grupos de pesquisa, cursos de graduação e pós-graduação, programas de extensão, entre outros.

A primeira edição aconteceu no mesmo local ano passado (avenida ao lado do Prédio de Políticas Públicas). A preocupação desta segunda edição era a manutenção do espaço em razão das chuvas. Em conversas com as entidades apoiadoras – entre elas a APRUMA – a solução encontrada foi organizar a comercialização dos produtos da agricultura familiar e artesanatos sob uma tenda maior. dessa forma, os frequentadores do espaço, responsáveis pelo êxito da primeira versão, podem ficar despreocupados com a estrutura. A adequação da feira sob uma proteção mais ampla foi confirmada na reunião acontecida nesta terça-feira, 3, na Sede Administrativa da Apruma, com a presença de diversos membros das comunidades da Resex, docentes da UFMA e demais apoiadores (fotos).

Além de frutas, verduras, legumes, cereais, artesanatos, entre outros produtos que caracterizam a região, haverá, mais uma vez, a venda de lanches e refeições para consumo no local. Dessa forma, garanta seu almoço na II Feira da Resex de Tauá-Mirim! Dia 11, quarta-feira a partir das 9h, no Campus Bacanga!