Presidente da Apruma fala à RádioWeb Tambor sobre desmonte das universidades

O professor Bartolomeu Mendonça, presidente da Apruma, foi o convidado do segundo programa Radiojornal Tambor de 2020, realizado nesta terça-feira, 7, na RádioWeb Tambor. Entre os assuntos comentados, os ataques à Educação Pública e os desafios da nova gestão da Apruma ante esse cenário.

Como destaque nessa pauta, o projeto Future-se que, segundo Mendonça, pretende desmontar o caráter público da Educação. Para ele, a resistência a essa proposta precisa contar com a unidade da categoria docente, que sempre, mesmo respeitadas suas divergências, caminhou unida e assim continuará quando se trata da defesa da Educação Pública, Gratuita, Laica e de Qualidade. Ele cita que a categoria docente sempre na linha de frente do combate à retirada dos investimentos da Educação, e já demonstrou ter entendimento da necessidade de fortalecer a Apruma diante desse cenário turbulento.

Autonomia

Bartolomeu Mendonça ressaltou ainda a luta em defesa do princípio constitucional da autonomia universitária, frontalmente ameaçado ante a edição da Medida Provisória 914/2019, através da qual Bolsonaro pretende interferir diretamente no processo de escolha dos dirigentes das universidades, institutos e suas subunidades.

Para que tantos riscos a um projeto público de educação sejam combatidos, ele cita ainda que é necessário conscientizar a sociedade do que esses ataques representam, envolvendo a todos na defesa de um patrimônio público e, mais ainda, da democracia e mesmo de um projeto de sociedade.

Para conferir o podcast com a entrevista com Bartolomeu Mendonça, clique a seguir:

Veja também:

Agência Tambor –

Novo presidente da APRUMA fala das ameaças do governo Bolsonaro