Prosseguem atos em defesa da Educação e contra a reforma da Previdência: Dia 15 é Greve Nacional da Educação

Desde os anúncios de cortes em todos os níveis da Educação Pública, proliferam as manifestações da sociedade contrárias à medida, que representa, também, uma chantagem (o ministro da Educação chegou a afirmar que, aprovada a reforma que destroi a Seguridade Social, as instituições de ensino voltariam a receber o que lhes é devido).

Nesta sexta-feira, estudantes se reuniram no Centro de São Luís, de onde seguiram para o bairro da Praia Grande para participar da Aula Pública “Em Defesa da Filosofia, da Sociologia e das Humanidades”, com a participação de vários professores da UFMA.

Também vêm sendo realizadas reuniões e Assembleias de diversos setores deliberando por paralisação o próximo dia 15 e por participação nos atos que marcam a data. A Assembleia Geral da Apruma que aprovou esta deliberação ocorreu na última quarta-feira, 8.

As entidades estudantis, sindicais e movimentos sociais realizam na capital maranhense nesse dia 15 dois grandes atos:

– às 6h, concentração à entrada do Campus do Bacanga;

– às 15h, Grande Ato em Defesa da Educação, Rumo à Greve Geral de 14 de junho, na Praça Deodoro.

Também vêm sendo articulados atos em diversas cidades do Maranhão e por todo o país. Siga acompanhando nosso site nos próximos dias para mais detalhes e participe!