Assembleia Geral elege representantes para Conselhos Superiores, delibera sobre Sede Náutica e aprova contas da Apruma

A Assembleia Geral realizada pela Apruma no último dia 27 de setembro discutiu uma pauta que incluiu temas como a Sede Náutica, prestação de contas, e a indicação de representantes da entidade para os Conselhos Superiores da UFMA (CONSUN E CONSEPE).

Sede Náutica

Após, os informes, as primeiras discussões se deram acerca do terreno da Sede Náutica. A diretoria da Apruma prestou contas sobre as deliberações indicadas pela última Assembleia Geral que tratou do assunto, que propôs uma série de medidas para que o terreno permanecesse sob a guarda da Seção Sindical. Foi demonstrado que a Apruma procurou confirmar sobre a propriedade do terreno, chegando ao convênio GR.CV.09.004.015/91, celebrado entre a UFMA e a Apruma em 31 de julho de 1991, através do qual a Universidade facultava o uso do terreno pela última para atividades recreativas, mas que também é claro sobre a impossibilidade de transferência, a qualquer tempo, do espaço para a Apruma.

Foram apresentados ainda mapas da área, mostrando as fragilidades a que ela está exposta e que, caso se concretizem (como já vêm ocorrendo), inviabilizam a recuperação do espaço e podem gerar responsabilização para quem estiver na posse do terreno.

Sobre a necessidade de recuperação estrutural do solo no local, foram reapresentados estudos feitos desde a última gestão que, através de Comissão instituída em Assembleia, buscou fazer o orçamento desses trabalhos e de reforma emergencial das instalações, serviços esses que custariam algumas centenas de milhares de reais, recursos de que a Seção Sindical não dispõe.

Em razão dessa soma de fatores, foi reaberta a discussão para o término do convênio entre a Universidade e a Apruma. A professora Ilse Gomes apontou que essa seria a decisão mais sensata, acrescentando o alto gasto para manutenção do espaço sem que os professores possam utilizá-lo de fato. Já o professor Fernando Dias, contrário à ideia, lembrou que a Apruma tem uma história naquela área, defendendo, em último caso, que se mantivesse pelo menos a fração do terreno em que ficam as instalações (que apresentam problemas estruturais em razão da erosão).

O professor Policarpo Costa Neto concordou com as ponderações da professora Ilse, lembrando que gestões passadas chegaram a fazer o levantamento de quantos docentes frequentavam regularmente o espaço quando em funcionamento – 14 professores, número considerado baixo pela diretoria da qual ele fazia parte à época (o professor procurou demonstrar o esforço que se fazia para manter atividades na área e que não eram acompanhadas a contento, acarretando responsabilidade sem muito retorno nos objetivos propostos – como integração da categoria).

Colocado em regime de votação, a Assembleia, analisando os dados apresentados, decidiu, por ampla maioria, que a Apruma deva procurar a Administração Superior e expressar que não há mais interesse em manter o terreno sob sua guarda.

Conselhos Superiores

Após as discussões sobre a Sede Náutica, os docentes aprovaram as indicações das professoras Marizélia Ribeiro (titular) e Santa Maria Alves de Sousa como representantes da Apruma no CONSUN e no CONSEPE até setembro de 2019.

Também foram aprovadas sem restrições as contas da Seção Sindical no período de janeiro a junho deste ano.

Debate

Após as deliberações, passou-se para o debate “Educação na conjuntura pós-golpe de 2016”, com exposições da professora Cacilda Cavalcante sobre dados de suas pesquisas na área. Ela tratou de políticas instituídas desde então, como a reforma do Ensino Médio e a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), além de demonstrar como o financiamento da Educação Pública está sendo desviado para a financeirização e privatização do setor.

As exposições contundentes e necessárias da professora Cacilda podem ser acompanhados no vídeo a seguir, gerado durante a transmissão ao vivo do debate:

Debate Educação na conjuntura pós-golpe de 2016 com a Profa Cacilda Cavalcante

Publicado por Apruma Seção Sindical em Quinta-feira, 27 de setembro de 2018