Apruma Nota – Não falta verba: sobra descaso e política de desmanche da Educação, da Pesquisa e da História Nacionais

Museu Nacional: não foi acidente!

Não falta verba: sobra descaso e política de desmanche da Educação, da Pesquisa e da História Nacionais

APRUMA – NOTA DE DENÚNCIA E PESAR

A Apruma – Seção Sindical – vem irmanar-se à dor e à perda da Sociedade Brasileira, órfã neste domingo, 2 de setembro de 2018, de uma de suas mais reconhecidas instituições de guarda, preservação e pesquisa da Memória Nacional e Mundial – o Museu Nacional do Rio de Janeiro.

Além da perda arquitetônica, viraram cinzas séculos de trabalho em estudos, pesquisa e guarda de um acervo que no momento é impossível quantificar o quanto foi perdido.

A Apruma e o Andes Sindicato Nacional, historicamente, denunciam o desmantelamento da Educação, da Ciência e da Tecnologia nacionais.

Não de hoje, cobramos e lutamos pela recomposição orçamentária destas áreas, cujas rubricas vêm sendo corroídas, governo após governo, por uma política nefasta, cujo objetivo é drenar o orçamento público para enriquecer banqueiros e alimentar a ciranda financeira. Nos palácios governamentais e no mercado financeiro estão os responsáveis de fato por esta tragédia anunciada, fruto de uma política que trucida, mata e procura transformar em cinzas nossas esperanças e nossa História.

Conclamamos a população a seguir conosco na luta em defesa de um projeto emancipatório de educação, que valorize nossos bens culturais, que seguem em sério risco com a manutenção de uma política de austeridade que transfere recursos públicos de instituições como hospitais, universidades, museus e das políticas sociais, para alimentar a ganância especulativa do topo minúsculo da pirâmide social.

Aos inimigos da cultura, da educação, da saúde e dos direitos de nossa população, nem um minuto de trégua!

São Luís, 03 de setembro de 2018

 

A Diretoria da APRUMA – Seção Sindical do ANDES – SN