Nota da Apruma sobre a concessão da licença para o professor Saulo Pinto

 APRUMA – NOTA

 Sobre a concessão de licença ao professor Saulo Pinto (Departamento de Economia) pela Administração Superior da UFMA para exercício de seu direito à atividade política, mas sem o resguardo de seus vencimentos, a Apruma vem manifestar:

 SOLIDARIEDADE AO PROFESSOR Saulo, no sentido de que seja preservado seu direito de afastar-se das suas atividades laborais para concorrer a cargo político sem que haja qualquer ameaça ao recebimento de seus vencimentos, como assegurado aos servidores públicos nessa situação.

O professor tem Regime de Dedicação Exclusiva, com sua atividade na docência configurando-se em sua exclusiva fonte de renda. Dessa forma, deve ser assegurada a integridade de seus vencimentos, que não podem ser ameaçados em razão do exercício de um direito.

A APRUMA, legítima representante dos Docentes da UFMA, coloca-se à disposição do professor na luta para que seus direitos sejam respeitados, com a preservação tanto de seu direito político quanto do direito aos seus vencimentos pondo, para tanto, também à sua disposição a Assessoria Jurídica desta Seção Sindical.

Continuaremos a acompanhar a situação envidando esforços para que o caso não fuja à normalidade e, dessa forma, o professor tenha respeitados os seus direitos _ à remuneração e ao afastamento para exercício de sua candidatura.

 São Luís, 18 de julho de 2018

 A Diretoria da APRUMA – Seção Sindical do ANDES – SN