Ato da Educação nesta quarta-feira, 30, Dia Nacional de Lutas

A Apruma convoca toda sua base a participar, nesta quarta-feira, 30, às 15h, do ato do Setor da Educação em apoio às lutas travadas no país, com concentração na Praça João Lisboa, Centro Histórico de São Luís.

Além da greve dos caminhoneiros, está previsto início da greve dos petroleiros para essa data, contra a alta dos combustíveis, contra a política de preços da Petrobras, pela queda do presidente da Companhia, Pedro Parente, que não a vê como empresa pública mas que deve servir apenas ao mercado, pelo “Fora Temer” e contra as reformas dele e do atual Congresso (reforma trabalhista, terceirização, PEC do congelamento do investimento público).

A Apruma e a CSP-Conlutas já vêm somando aos atos. No final de semana, vários docentes e a diretoria da Apruma se fizeram representados na concentração dos caminhoneiros à entrada da capital maranhense. Na última segunda-feira, a CSP Conlutas realizou Plenária Sindical e Popular, na qual reafirmou apoio às lutas e posição contrária à tentativa de capitalização do movimento por partidários de golpes militares.

O ato desta quarta-feira deve reunir professores e professoras das redes estadual, municipal e federal em apoio às greves, e em defesa dos direitos sociais e da democracia.

A Atividade é chamada pela Confederação Nacional dos Trabalhadores da Educação (CNTE), que deve realizar ações similares pelo país, e conta com a participação, além da Apruma, de entidades docentes das redes estadual e municipal (Aspema e MRP), além da CSP Conlutas e demais movimentos e sindicatos. A hora é de resistir!

Todos à concentração na Praça João Lisboa nesta quarta-feira às 15h!