Situação de Temer fica insustentável, e atos são convocados por todo o país

Em São Luís, os atos acontecem na tarde desta quinta-feira, 18, na Praça Deodoro, região central da capital maranhense.

Com a gravação autorizada pela justiça das conversas entre Joesley Batista, do grupo JBS (Friboi), e Michel Temer, além do senador tucano Aécio Neves, a implosão do governo central liderado pelo consórcio entre peemedebistas e tucanos investigados e seus satélites é, praticamente, questão de horas.

A associação entre tucanos e peemedebistas em forma de governo tinha o objetivo de aprovar uma pauta bomba contra os trabalhadores (reformas da Previdência, das Leis Trabalhistas, da Terceirização, e do corte de gastos públicos por décadas).

Lideranças ligadas ao governo, e mesmo ministros, já se reúnem discutindo o pós-Temer. Em Belo Horizonte, foi presa a irmã do senador Aécio Neves (ele chegou a dizer, sobre um dos auxiliares que carregariam parte dos R$ 2 milhões que lhe seriam dados pelo grupo JBS, “tem que ser um que a gente mata ele antes de delatar”).

Com o agravamento desse quadro, imediatamente manifestantes protestaram em Brasília e em São paulo na noite desta quarta-feira, 17, com a divulgação da delação dos donos da Friboi. Os áudios aguardam, até o fechamento desta matéria, liberação por parte do STF.

Diversos protestos pela saída de Temer estão sendo chamados para a tarde desta quinta-feira. Em São Luís, a concentração será a partir das 16h na Praça Deodoro.

Em nota, o Andes-SN ressalta a importância de a classe trabalhadora participar das atividades, além de fortalecer o Ocupa Brasília no próximo dia 24. Na avaliação do Sindicato Nacional, ficou evidente a entrada dos trabalhadores como protagonistas desse jogo com os atos contra a reforma mobilizando a sociedade cada vez mais, tendo culminado com a grande greve geral do último dia 28.

A ordem agora é fortalecer os atos pelo fim dos ataques e do governo que os comanda, e lotar Brasília na próxima semana. A APRUMA finalizou os preparativos de sua caravana nesta quinta pela manhã. Do Maranhão, além dos professores da UFMA, várias categorias estarão fortemente representadas no OcupaBrasília da próxima quarta-feira.

Confira a Nota do Andes-SN clicando aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *